sábado, 21 de dezembro de 2013

O Natal chegou!...

O Jesus do natal e o Natal de Jesus


...Não temais, pois, eis que vos nasceu hoje,  na cidade de Davi, o salvador do mundo”

O anúncio dos anjos aos pastores, foi o mais esperado e sublime: as boas novas de salvação. O que o profeta Isaías havia predito, pelo Espírito do Senhor, cerca de 700 a.C., agora, de fato, se cumprira. EMANUEL, habitava entre os homens.

Entretanto, as profecias e relatos bíblicos e históricos ao apontarem para o fato mais importante que marcou o início da era cristã, não foi capaz de fixar com exatidão a data do nascimento de Jesus, motivo pelo qual a Igreja primitiva celebrou esta tão importante data em dias e meses tão distintos,  tais como: 6 de janeiro, 25 ou 28 de março, 18 ou 19 de abril e 20 de maio.

A comemoração universal de 25 de dezembro se firma entre 325 a 354 d.C., aproximadamente.

Assim, apesar da data de 25 de dezembro, estar vinculada, de acordo com o calendário romano, com as festividades do Natal do Sol Invicto, e de sua história ter se misturado com a de  São Nicolau de Mira, fato é que JESUS NASCEU. Neste ou naquele tempo,nesta ou naquela data.

Portanto, para os cristãos e para as pessoas de todo o mundo, raças, tribos e nações, o fato mais importante que envolve o Natal  deve ser o nascimento de Jesus e não a data em que Ele nasceu ou qualquer outro entretenimento pagão e histórico. É preciso atentarmos, que mais importante do que o natal é o Jesus do natal.

Há uma coisa,  definitivamente, que nunca, nunca mesmo , poderá mudar o verdadeiro sentido do natal, seja ele em dezembro, maio, abril ou outubro,  é o fato de que o Salvador do mundo nasceu!...se no natal, celebra-se mais o fato de ganhar e receber presentes ou se as pessoas tradicionalmente, esperam o papai Noel, que elas, sobretudo, possam se conscientizar que o presente mais importante do natal é TER Jesus e doá-lo por meio dos valores e práticas diárias. 

Com efeito, a mensagem mais forte do natal não deve ser a de que  papai Noel, um velhinho de barbas brancas e longas com um saco cheio de presentes para entregar para crianças boazinhas exista ou não. Mas, sim a de que Jesus, o salvador do mundo, nasceu, humildemente, em uma manjedoura.

Entretanto,em todos os tempos, Ele deseja fazer de cada coração a sua manjedoura. Ele está à porta e bate. Ele quer entrar em sua casa e cear contigo. Não importa em que data, de janeiro a janeiro,  ele deseja nascer em seu coração. Esse é o maior presente de natal.

 Glória a Deus nas alturas. Paz na terra para como os homens de boa Vontade.

 Marizan di Carvalho

QUEM LEU?