segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

A VERDADEIRA PROSPERIDADE

O homem que não se assenta à roda dos escarnecedores e que não se detêm no caminho dos pecadores é tratado pela Bíblia de próspero.

Escarnecer quer dizer zombar; desprezar;
Deter significa parar; demorar-se; o texto em evidência diz que o homem que não para ou demora-se no caminho daqueles que desprezam ou zombam de Deus, pode assim, considerar-se próspero ou rico (Sl. 1.1). Esta riqueza pode ser manifestada na vida espiritual e/ou material (Sl. 1.3).

Assim, o que leva essa pessoa a não se assentar à roda dos escarnecedores e nem se deter no caminho dos pecadores é o prazer de conhecer, respeitar e meditar progressivamente na Lei do Senhor, tanto de dia quanto de noite (Sl. 1.3).

Agindo assim, esta pessoa se assemelha a uma árvore que está sempre verde e que possui folhas vívidas e frutos permanentes, de acordo com a estação; e tudo que ela faz prospera, obtêm sucesso.

Porém, quanto aos que escarnecem e zombam de Deus, tratados neste contexto de ímpios, se assemelham à moinha, ou seja, a palha, que o vento leva para onde soprar; Torna-se um andarilho sem direção. Não tem rumo certo. Por isso, não poderá prevalecer na Casa de Deus, tão pouco terá razão diante do Julgamento Divino.

Nisto podemos evidenciar a verdadeira prosperidade.Ser próspero ou ser uma benção é um estado espiritual do homem que procura servir a Deus. Independente do que ele possa TER ou de onde ele possa ESTAR, o que importa é quem ele É. Dependerá de como ele se comportará diante dos mandamentos do Senhor ou de como focalizará a sua Fé em Deus. Ele não está sendo abençoado. Ele é abençoado. Não importa qual seja a estação do ano, ele está plantado junto a ribeiros de águas.

Assim, tenho dito, bendito!



Marizan Di Carvalho
Palestras e preleções
marizancarvalho@gmail.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUEM LEU?